5 aromas que ajudam a melhorar a produtividade no trabalho

5 aromas que ajudam a melhorar a produtividade no trabalho
17 mar 2015

É comum sentirmos odores que nos remetem a lugares, pessoas ou situações. Qual é o que te lembra o trabalho? O cheiro de café? Ou, quem sabe, do toner da copiadora? Ou ainda o perfume do seu chefe? Pois estudos científicos provam que há odores muito mais interessantes (e, por que não, utéis) para sentirmos no local de trabalho.

No Japão, por exemplo, já é hábito em muitos escritórios borrifar, em determinadas horas do dia, fragrâncias que ajudam os trabalhadores a relaxar e, também, ‘acordar’. Pesquisa da empresa de perfumes Takasago concluiu que, por lá, os erros dos funcionários caíram em mais de 50% nas empresas que difundem um aroma de limão no ar.

Sabe por quê? Odores cítricos ajudam a melhorar a produtividade. E eles não são os únicos aromas que têm esse poder. Confira, abaixo, lista divulgada pelo Mashablecom base no livro The Fragrant Mind – que revela 5 fragrâncias capazes de melhorar seu desempenho no trabalho.

1. ALECRIM
Natural do Mediterrâneo, o cheiro da erva tem propriedades que ajudam a esvaziar a mente e deixar os pensamentos mais claros. O aroma ainda é capaz de tornar a memória mais aguçada.

2. JASMIN
Com um aroma relaxante e suave, a flor ajuda a controlar a tensão e os nervos. Excelente para aliviar o estresse diário.

3. CÍTRICO
Todas as frutas cítricas possuem odores que trazem algum benefício à saúde. A toranja (ou grapefruit, em inglês), por exemplo, ajuda a combater o esgotamento mental, o limão nos deixa mais atentos, a laranja pode aliviar o estresse e o óleo de bergamota (ou tangerina) é utilizado, entre outros fins, para tratar depressão.

4. LAVANDA
Com um odor bem característico, a planta contém propriedades para combater o estresse e a ansiedade, sendo considerada um excelente calmante natural.

5. MENTA
Eis aqui um remédio natural e tanto para recuperar as energias. O aroma da menta ajuda a estimular a mente e aumentar a concentração.

Que tal escolher um desses cheirinhos (ou todos eles) para ter em casa ou na mesa do escritório?

Foto: Shawdm/Creative Commons



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. […] Agradecemos a primeira publicação em: The greenest Post […]

  2. Eu adoro também os aromas de Funcho e Guaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *